“Não há cura para o NASCER e o MORRER, a não ser SABOREAR o intervalo”.


OLÁ! SEJAM BEM VINDOS! VOLTEM SEMPRE!

Pesquisar este blog

Carregando...
IMPORTANTE: AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE SITE TEM CARÁTER INFORMATIVO E NÃO SUBSTITUEM AS OPINIÕES, CONDUTAS E DISCUSSÕES ESTABELECIDAS ENTRE MÉDICO E PACIENTE.

NOTICIAS DA HORA.

Loading...

sábado, 9 de outubro de 2010

Doenças degenerativas dos ossos e das articulações.

Dr. Marcelo Luiz Galotti Pereira.
Esta harmoniosa máquina que é o corpo humano, a exemplo de todas as outras, com o tempo, começará a apresentar sinais de desgaste.
É preciso manter-se ativo. Aqui, ao contrário do que se imagina, quanto mais se movimenta e se exercita, maior a resistência.
Ossos e músculos se consolidam trabalhando. Assim, caminhar, nadar, fazer hidroginástica ajudam a conservar o corpo sem debilidades.
Reumatismo é um termo vago que se refere a doenças agudas ou crônicas, de origens diversas e com freqüências desconhecidas, geralmente dolorosas, acompanhadas de inchaço nas partes moles e afetando essencialmente as articulações, popularmente conhecidas como juntas.
Na linguagem médica, o termo sempre é usado com qualificadores, isto é: febre reumática, artrite reumatóide, doença reumática infecciosa, doença reumática metabólica, etc.
Segundo a Organização Mundial de Saúde, OMS, 2000 a 2010 é a década do osso e da articulação. No Brasil, estima-se que 15 milhões de pessoas são acometidas por essas doenças. As mais conhecidas são a fibromialgia, a osteoporose, a gota, a artrose e a artrite reumatóide.
Esta semana estaremos discutindo sobre osteoporose e artrose.
 Em relação ao esqueleto humano, quais moléstias mais frequentemente estão ligadas ao envelhecimento
A osteoporose e a artrose.
O que é osteoporose?
Os ossos, assim como a pele e os cabelos, também sofrem mudanças com o tempo. Vão se tornando mais frágeis e mais rarefeitos. Dessa forma, sua capacidade de resistência aos traumas, principalmente às quedas, fica diminuída, e, com isso, ocorrem fraturas.
Esse fenômeno que acontece, principalmente, em mulheres com menopausa, em razão de alterações próprias desse período, e que, a rigor, podem ocorrer em qualquer pessoa, é denominadoosteoporose. 
Quais os sinais e sintomas de osteoporose?
Pelo fato de ser assintomática nas suas fases iniciais, ou seja, o paciente nada sente, os sintomas irão surgir numa fase mais avançada, quando já ocorrerem as fraturas, principalmente de punho, corpos vertebrais da coluna e quadril. É justamente por esse motivo que a pesquisa de osteoporose deve ser feita independentemente dos sintomas da paciente.
Como diagnosticar essa doença?
Para diagnosticá-la, atualmente, dispomos de um exame chamado densitometria óssea. Toda mulher deveria realizar pelo menos uma vez esse exame para saber se apresenta o problema ou não.
Quais os fatores de risco?
Os principais fatores de risco para a osteoporose são:
Idade: o envelhecimento é o principal fator de risco. Quanto mais idosa a pessoa, maiores são as chances de osteoporose e de fraturas.
Peso: quanto menor o peso da pessoa, maior a chance de osteoporose.
Vida Sedentária: a falta de atividade física regular, principalmente caminhada (pelo menos 4 vezes por semana, 40 minutos), aumenta o risco de osteoporose.
Dieta com pouco cálcio, ingestão de pouco leite ou de seus derivados, e de pequena quantidade de verduras.
Tabagismo: fumar aumenta o risco de osteoporose.
Uso de alguns medicamentos, principalmente “cortisona”
Como se trata a osteoporose?
Os principais medicamentos para o tratamento da osteoporose são o cálcio, a vitamina D e um medicamento chamado alendronato de sódio. Existem outros medicamentos. Um deles chama-se raloxifeno e teria algumas propriedades do estrógeno, porém sem aumentar o risco de câncer de mama. Mais recentemente, foi lançado novo medicamento, chamado teriparatida, que parece ter um efeito bastante satisfatório.
O que é artrose?
Por alguma razão, ocorre um desgaste da articulação. Não devemos esquecer que, em medicina, o sufixo “ose” significa degeneração. A condição em que mais comumente ela ocorre é com o passar da idade. É um desgaste natural. No idoso, a pele perde elasticidade, o intestino funciona pior, a memória falha e a visão e a audição diminuem. Também as articulações sofrem esse processo.
A artrose é um reumatismo mais simples, em que, além da deformidade local, ocorre dor menos intensa que nas outras doenças.
Devemos nos lembrar de que a artrose é a destruição da cartilagem articular por meio de enzimas que degeneram as proteínas, levando a perda de função.
Quais os sinais e sintomas de artrose?
Não existem sintomas gerais, como ocorre em doenças reumáticas. Os sintomas são dor e limitação da função da articulação.
Como é feito o diagnóstico?
Normalmente, o diagnóstico na fase inicial é feito através de imagem radiológica. Com o passar do tempo, o osso se destrói e forma-se um novo osso, com características diferentes do osso normal. Nesse estágio final, os sinais de deformidades são visíveis sem o auxílio radiológico.
Quais os fatores de risco?
A idade favorece o aparecimento da artrose. O mais importante, entretanto, é o sobrepeso, porque produz sobrecarga na articulação. A obesidade sempre é acompanhada por artrose. O sedentarismo também influencia o seu aparecimento.
Como se trata a artrose?
O tratamento é feito, na fase inicial, com acompanhamento do fisioterapeuta, que, através de procedimentos da especialidade, leva à diminuição da inflamação local e à atenuação da dor. O uso de antiinflamatórios poderá ser indicado nas fases mais adiantadas, tendo-se o cuidado de escolher aqueles que agridem menos a mucosa gástrica.
Hoje, existem alguns medicamentos que supostamente nutrem a cartilagem e oferecem uma melhora do processo.
Evitar sobrecarga na articulação através de movimentos bruscos e até o uso de bengala ou andador retardam o processo.

9 comentários:

  1. Os médicos diagnosticam artrose e, receitam antiinflamatório.Posso estar com outro mal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI.
      VOCE PODE CONSULTAR OUTRO MÉDICO PARA UMA NOVA AVALIAÇÃO. ASSIM PODES SENTIR MAIS SEGURO(A) NO TRATAMENTO.
      UM ABRAÇO.
      BOA SORTE.

      FICA COM DEUS.

      ESTER

      Excluir
  2. Respostas
    1. Doença de Madelung ou lipomatose simétrica múltipla é uma doença rara, que é caracterizada por acúmulo de gordura não encapsulada, geralmente localizada simetricamente ao redor do pescoço e ombros. A etiologia é desconhecida, mas é freqüentemente observada em pacientes com história de alcoolismo crônico e é acompanhada por anormalidades metabólicas. Os autores apresentam um caso de lipomatose cervical associada a polineuropatia e alcoolismo. A remoção cirúrgica do tecido adiposo por lipectomia ou lipoaspiração é terapia paliativa, já que ele não é encapsulado, a recorrência é comum.

      Excluir
  3. boa tarde o meu medico me folou que tenho uma doença degenerativa nos ossos,que fazer neste caso.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. I,
      VOCE DEVE PEDIR AO SEU MÉDICO P/T ENCAMINHAR AO ESPECIALISTA, ELE IRÁ TE PEDIR EXAMES ESPECIFICOS QUE COMPROVE O TIPO DE DOENÇA, E ASSIM DETERMINAR O TRATAMENTO A REALIZAR.

      UM ABRAÇO.
      BOA SORTE.

      FICA COM DEUS.

      ESTER

      Excluir
  4. oi tudo bem quero uma orientaçao como do senhor dro que posso fazer para me sentir melhor eu tenho dores de mais nas articulaçoes.diz o medico que eu noa tenho mais geito pois tenho 7 erneas de discos na lombare cervical.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI KATIA.

      DORES NAS ARTICULAÇÕES, HERNIAS DE DISCO NA LOMBAR E CERVICAL. O MÉDICO PODE ATÉ DIZER Q NAO TEM CURA, MAS NUNCA, QUE NAO TENHA JEITO.

      KATIA, PROCURE UM ORTOPEDISTA. PRIMEIRO OS EXAMES P/QUE VC TENHA UM DIAGNOSTICO, E DEPOIS A FISIOTERAPIS A, HIDROTERAPIA, E UM MEDICAMENTO CERTO PRA SUA DOR TE DARÁ UMA MELHOR QUALIDADE DE VIDA, SIM.

      HOJE COM A EVOLUÇÃO CIENTIFICA E TANTAS NOVAS TECNOLOGIAS, MESMO QUE VC TENHA TANTAS HERNIAS NA COLUNA, PODE SER QUE SEU TRATAMENTO VENHA A UTILIZAR O RECURSO DE CIRURGIAS. MAS CREIO QUE AOS POUCOS VC FICARÁ BEM.

      DEPOIS ME ESCREVE, CONTANDO.

      FICA COM DEUS.

      UM ABRAÇÃO.

      COM CARINHO, ESTER

      Excluir
  5. o médico disse que eu estou com uma doenç NO PÉ DEGENERATIVA CHAMADA FROID
    GOSTARIA DE SABER MAIS SOBRE ELA.
    SE POSSIVEL ME RESPONDAM.

    ResponderExcluir

esterfeliz12@yahoo,com.br

Loading...

Como desenvolver a autoestima, ganhar confiança e viver com mais entusiasmo.

Paixão, entusiasmo, alegria, esperança e tantas outras emoções positivas são o combustível para uma vida plena de EROS, essa energia magnífica que pode destruir, mas que principalmente pode ampliar.

Mais do que nunca se sabe que as doenças físicas e mentais estão profundamente associadas a fatores biológicos e psicossociais. Portanto, é importante aprender, ou melhor, reaprender a se conectar com o novo, como uma maneira de se atualizar sempre no seu desejo e na maneira de sentir e absorver o mundo que nos cerca.

Posso destacar aqui uma maneira muito simples e quase óbvia, mas que raramente usamos em nosso proveito que são nossos órgãos dos sentidos, pois é através dos órgãos sensoriais que as mensagens de prazer entram em nossa vida,estimulando o desejo.

Por que falar de desejo quando eu quero falar de autoestima, felicidade, estar de bem consigo mesmo ou mesma? Por que reconhecer o seu próprio desejo e satisfazê-lo é o alimento que a alma precisa para dar estrutura ao Ego para suportar os reveses da vida sem ser derrubada por eles.

Usar a visão para olhar o que é belo,ouvir uma música com o coração e a memória, saborear a vida e o bolo de chocolate sem culpas, acariciar e abraçar para se arrepiar; e dessa maneira abrir seus próprios canais de conexão com o mundo e com seus próprios desejos.

É necessário assumir seus prazeres e necessidades, entendendo e aceitando a diversidade em todos os sentidos, com respeito pela própria natureza e pela dos outros. Ser inteiro e a cada dia se reconhecer e se validar, hoje o gozo, amanhã choro, acerto e erro, tendo coragem e medo.

Luz e sombra fazem o todo e aceitar-se assim e se permitir sentir e viver todos os seus desejos e se encontrar com seu próprio EU, aquele que a gente muitas vezes esconde da gente mesma por conta das obrigações e responsabilidades.

Fazer a cada dia um novo dia, em anseios e respostas, abdicando das fórmulas prontas que muitas das vezes está calcada não nos desejos e experiências, atuais, mas sim em dificuldades e medos ultrapassados e sem sentido no hoje, no aqui e agora.


Campanha Nacional de Doação de Órgãos. Participe e Divulgue. Para ser doador de órgãos, fale com sua família e deixe clara a sua vontade, não é preciso deixar nenhum Documento. Acesse www.doevida.com.br e saiba mais. Divulgação: entre em contato comcomunicacao@saude.gov.br At.Ministério da saúde. Siga-nos: www.twitter.com/minsaude

DOE SANGUE

DOE SANGUE

VISITAS

free counters
CONTATOS, email:esterfeliz12@yahoo.com.br

Postagens populares

Os Imprescindíveis.

Há homens que lutam por um dia e são bons.

Há outros que lutam por um ano e são melhores.
Há outros, ainda, que lutam por muitos anos e são muito bons.
Há, porém, os que lutam por toda a vida,
Estes são os imprescindíveis.

Bertolt Brecht.

Loading...
Loading...